Luiz Coronel é candidato à Academia Brasileira de Letras

Luiz Coronel é candidato à Academia Brasileira de Letras

Poeta bajeense de 83 anos oficializou candidatura à vaga 39 que pertencia a Marco Maciel

Com sólida e vasta obra, Luiz Coronel está concorrendo à cadeira 39 da Academia Brasileira de Letras

publicidade

Agora é oficial. O poeta Luiz Coronel, de 83 anos, é candidato a uma das vagas abertas na Academia Brasileira de Letras, a cadeira 39, cujo fundador foi Oliveira Lima e o último ocupante foi Marco Maciel. Com apoio de acadêmicos como o gaúcho Carlos Nejar e também de escritores e autoridades locais, Luiz Coronel se diz satisfeito com a inscrição de sua candidatura e confia na amplitude de sua obra composta por mais de 70 livros, na solidez de sua poesia e sua abnegação por levar a literatura a quem não teria oportunidade como é o caso das crianças de escolas públicas, para as quais já doou mais de 100 mil exemplares de 10 obras da Coleção Esquilo ou em outros projetos como a Coleção Dicionários, que reverencia em verbetes grandes autores da literatura mundial como Clarice Lispector, Carlos Drummond de Andrade, Mario Quintana, Fenando Pessoa e Virginia Woolf. No Correio do Povo, Coronel assina coluna poética semanal há 22 anos - hoje no Caderno de Sábado - herdando o espaço que era de Mario Quintana. Boa sorte ao poeta nesta candidatura a uma vaga entre os imortais da Academia. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895