Projeto ubanístico prevê modernização da Orla do Rio Uruguai em São Borja

Projeto ubanístico prevê modernização da Orla do Rio Uruguai em São Borja

O prefeito Eduardo Bonotto acredita que a realização dessa obra irá trazer inúmeros benefícios para a cidade

COLABORE

Projeção arquitetônica 3D

publicidade

A equipe técnica da Secretaria Municipal de Planejamento apresentou ao prefeito Eduardo Bonotto o projeto urbanístico da Avenida Beira Rio e Urbanização da Orla do Rio Uruguai. Trata-se de uma obra que irá revitalizar a região do Cais do Porto e fomentar o turismo e geração de renda na cidade. Serão investidos cerca de 3,5 milhões de reais na implantação da Avenida Beira Rio, através de financiamento do Badesul.

O projeto urbanístico será implantado na rua Bernardino Vargas (futura Avenida Beira Rio), no trecho entre a Rua Tiradentes e a Rua da República, a oeste do Cais do Porto no bairro do Passo, junto as margens do Rio Uruguai no Porto do Angico. Serão aproximadamente 43 mil metros quadrados.

A iniciativa prevê a implantação de uma avenida composta por duas pistas de rolamento com faixa dupla, estacionamentos, ciclovia e passeios públicos. Também será realizada a urbanização no entorno dessa avenida, junto a orla do rio, com pistas de caminhada, área de playground, academia ao ar livre, deck’s, mirantes, letreiro turístico, área de alimentação com quiosques, containers, churrasqueiras e banheiro público. É previsto ainda a implantação, em etapa posterior, de um restaurante panorâmico que deverá ser explorado sob concessão com a iniciativa privada.

O projeto foi elaborado de forma a tentar preservar ao máximo as espécies vegetais de grande porte existentes no local. Além disso, toda a estratégia paisagística foi pensada para preservar a vegetação nativa existente.

O prefeito Eduardo Bonotto acredita que a realização dessa obra irá trazer inúmeros benefícios para a cidade. “Esse projeto foi pensado em detalhes e certamente será um marco no desenvolvimento de São Borja, pois além da beleza dessa proposta, os ganhos serão muitos. Revitalizaremos uma área que será muito melhor explorada turisticamente, gerando empregos e movimentando a economia, proporcionando um espaço de lazer de grande qualidade à nossa população”, afirma.

O arquiteto responsável, Diego Bicca, explica que nesse primeiro momento o projeto contemplará a etapa inicial que corresponde a abertura das ruas, pavimentação, colocação de meio-fio, passeios públicos, iluminação e drenagem. As demais ações como implantação das pistas de caminhada, playground, academia ao ar livre, deck’s, mirantes, letreiro turístico, área de alimentação, churrasqueiras e banheiro público. Serão concretizadas em etapas posteriores conforme orçamento disponível.


publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895