Racismo estrutural

Racismo estrutural

Letalidade policial bate recorde e negros são 78% dos mortos

Correio do Povo

Homenagem em frente ao Carrefour do bairro Passo D'Areia após João Alberto Silveira Freitas ser morto por seguranças do hipermercado Carrefour em Porto Alegre.

publicidade

O massacre continua, esperava-se que durante a pandemia a violência nas ruas diminuísse. Letalidade policial bate recorde no país e negros são 78% dos mortos, a violência policial continua fazendo vítimas.

O Brasil continua sendo um país de enormes desigualdades, com o ainda presente racismo estrutural e até institucional.

Ouça:

 

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895