Incêndio na SSP: a importância do PPCI na prevenção de tragédias

Incêndio na SSP: a importância do PPCI na prevenção de tragédias

Direto ao Ponto conversou com o João Leal Vivian, diretor do Sindicato dos Engenheiros do RS e especialista em prevenção contra incêndio

Correio do Povo

PPCI do prédio-sede da SSP, que pegou fogo na última quarta-feira, estava em processo de adequação

publicidade

Da mesma forma que na tragédia da Boate Kiss, ocorrida em 2013, que deixou 242 mortos, o incêndio no prédio-sede da Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP) aponta para a importância de Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndio (PPCI) adequado e bem executado.

O prédio de nove andares, agora em ruínas, tinha um PPCI aprovado pelo Corpo de Bombeiros há três anos, no entanto com execução incompleta, com melhorias ainda em adequação. Com dois bombeiros desaparecidos até esta sexta-feira entre os escombros, a situação de colapso do prédio eliminou qualquer possibilidade de peritos afirmarem qual foi a causa do fogo – que só poderá ser presumida.

Para falar sobre a importância do PPCI na prevenção de incêndios de grandes proporções, o Direto ao Ponto recebe João Leal Vivian, diretor do Sindicato dos Engenheiros do RS e especialista em prevenção contra incêndio. 

Veja Também


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895