Os bastidores da discussão sobre a volta da cogestão no RS

Os bastidores da discussão sobre a volta da cogestão no RS

Direto ao Ponto conversou com a repórter de política Flavia Benfica

Correio do Povo

Direto ao Ponto conversou com a repórter de política Flavia Bemfica

publicidade

Após duas semanas de bandeira preta em todo o território gaúcho, o governo do Rio Grande do Sul estuda uma nova formatação aos protocolos do modelo de Distanciamento Controlado para amparar a volta do sistema de cogestão, prevista para entrar em vigor a partir de 22 de março. A estratégia é uma garantia para que prefeituras não flexibilizem tanto as medidas mais restritivas mesmo em bandeira vermelha, já que pesquisadores projetam que é preciso ao menos três semanas para haver uma melhora nos indicadores da epidemia.

Veja Também

O Direto ao Ponto desta terça-feira conversou com a repórter de política do Correio do Povo, Flavia Benfica, sobre os bastidores dos próximos passos que o governo estadual deve adotar para frear o contágio de coronavírus. E ainda, como a pressão de prefeitos, entidades e setores econômicos sobre o Piratini podem influenciar estas escolhas. 

Ouça:


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895