Viver é simples, por que complicamos?

Viver é simples, por que complicamos?

Para algumas pessoas, o baixo-astral decorrente do fato de não realizar o seu propósito de vida é tamanho que surge a doença. Mas é preciso rever a rota!

Simone Lopes

publicidade

A vida é uma dádiva e estamos aqui neste plano de passagem, somos hóspedes, já nos ensinam os indianos. Eles têm uma visão muito diferente da existência. Como está a sua vida? Você está no lugar, na carreira, no espaço que gostaria de estar? Confome a escritora Leila Navarro, em seu livro "Qual é o seu lugar no mundo?", fora da missão nossa vida não flui. Mas como descobrir? É um processo e, segundo a autora, vamos descobrindo ao longo do caminho! Ela ressalta que todos temos o livre-arbítrio e podemos escolher! Para algumas pessoas, o baixo-astral decorrente do fato de não realizar o seu propósito de vida é tamanho que surge a doença. Leila cita inclusive algumas outras obras escritas pelo médico alemão Rudiger Dahlke: A Doença como Caminho, A Doença como Símbolo e a Doença como Linguagem da Alma (essa em parceria com Thorwald Dethlefsen). 

Mas então, qual o caminho a seguir? Nesse sentido, lembro do filme "O Mágico de Oz" e de uma frase que marcou muito: Há um tempo e um lugar, quando a gente descobre onde deve estar. E você está quase lá. As respostas da vida estão ao longo da velha estrada". (A nova geração de Oz - Tin Man). 

Há algumas curiosidades sobre essa obra extraordinária. O Mágico de Oz é apenas a história do primeiro livro da série Terra de Oz. Ao todo são 40 volumes, sendo que somente os 14 primeiros são do autor L. Frank Baum. Outras 19 obras são escritas por Ruth Plumly Tompson e os sete restantes são de diversos autores. Existe ainda uma certa divergência sobre a quantidade exata de livros.

Diversas adaptações e versões já foram feitas dessas histórias porque os textos caíram em domínio público, então é praticamente impossível catalogar ao certo quantas obras derivadas de O Mágico de Oz existem. Uma delas é Tin Man - A Nova Geração de Oz, uma minissérie para a televisão dividida em três partes. Na realidade, trata-se de um remake da obra original de L. Frank Baum. A principal trilha sonora - Over The Rainbow sempre renova a minha fé e me traz a esperança no sentimento de que, depois do arco-íris, é possível encontrar a riqueza, a abundância e a realização! Muitos diálogos nessa obra fantástica trazem grandiosos ensinamentos! Com isso, surge uma reflexão: Quanta sabedoria encontramos em nossa jornada? Não importa onde estejamos, o lar é onde o coração está e ali estão todas as respostas, toda a cura e toda a simplicidade! Basta se permitir e escolher a luz e o brilho da vida! 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895