Lucas Hanke

Lucas Hanke

Músico gaúcho lança primeira faixa de seu compacto “Cromatismo de Sensações”

Chico Izidro

Trabalho de Lucas Hanke navega entre referências MOD, Rock, Psicodelia e Música Brasileira

publicidade

O músico gaúcho Lucas Hanke lançará nos próximos dias a primeira faixa de seu novo compacto “Cromatismo de Sensações”. Em “Alucina” é buscada uma sonoridade MOD Sixty 67, que se une à vanguarda da nova década. Hanke é co-fundador da Banda Identidade e também foi baixista e produtor de Júpiter Maçã por 10 anos. É também sócio-fundador da Marquise 51 Hub Criativo, produtora, selo, estúdio e ponto cultural de Porto Alegre. 

O compacto navega entre referências MOD, Rock, Psicodelia e Música Brasileira. Vai desde uma pegada inglesa dos anos 1960, mistura de bateria eletrônica e orgânica, doses de Rock’n’Roll, lisergia e enfeites de acordes diminutos. “Pode-se dizer que “Cromatismo de Sensações" é uma celebração da diversidade sonora rock trabalhada ao longo dos anos, atualizados com experimentações e temas de uma busca por uma paz interior longe das tendências tecnológicas e o comportamento obsessivo pela auto-exposição”, disse Hanke.  

O compacto será lançado faixa a faixa semanalmente, e cada música receberá sua própria capa. “Cada uma corresponde a uma sensação com vida própria, no final fundem-se em um ser único formando o cromatismo sonoro e visual de múltiplas sensações ao ouvinte”, garante o músico. 

Os Feats musicais estão presentes nas 4 faixas do compacto. As baterias têm o grooves de Eduardo Dolzan (Identidade, Júpiter Maçã, Wander Wildner), Lucas Giorgetta (Identidade, Cartolas), Tuba Caruso (Faichecleres). Os baixos têm as levadas de Edu Barreto (Gross, Lella, Os Efervescentes) Giovanni Caruso (Faichecleres, Escambau) e Juliano Pereira (Nei Van Soria). Nas guitarras Hanke recebe o reforço e os riffs de Marcelo Gross (Cachorro Grande, Gross). Os teclados são de Luciano Leães, Rafael Teclas e Beto Silva. 

Hanke assina a produção musical em parceria com Beto Silva. As gravações ocorreram nos Estúdios Marquise 51, em Porto Alegre, Casa de Rock Stúdio, de Curitiba, Estúdio do Arco, de Porto Alegre, Juliano Pereira Stúdios, de Novo Hamburgo, Old Black Records, de Curitiba, Copan Home Studio, de São Paulo, e London Home Studio, na Inglaterra. A mixagem e masterização foram realizadas no Estúdio Marquise 51, por Beto Silva. 

A identidade visual e fotos são do artista e fotógrafo Fábio Alt, que uniu o artesanal com a tecnologia para desenvolver as artes. 

Capítulos: 

Sensação 1 -  Mente 

Lançamento: 13 de julho  

Música: “Alucina” (Hanke) 

Lucas Hanke - Vocais, violões

Marcelo Gross - Guitarra

Giovanni Caruso - Baixo

Eduardo Dolzan - Percussões

Tuba Caruso - Bateria 

Sensação 2 - Energia  

Lançamento: 20 de julho - Terça Feira

Música: “Cromatismo de Sensações” (Hanke) 

Lucas Hanke - Vocais, guitarra

Luciano Leães - Hammond 

Eduardo Barretto - Baixo

Eduardo Dolzan - Bateria orgânica sintética, percussões

Sensação 3 - Libertação 

Lançamento: 27 de julho - Terça Feira

Música: “Tu é o Bixo!” (Hanke & Mari Martinez) 

Lucas Hanke - Vocais, guitarra

Rafael Teclas - Hammond, piano 

Juliano Pereira - Baixo

Lucas Giorgetta - Bateria

Sensação 4 - Renascer  

Lançamento:  03 de agosto - Terça Feira

Música: “Eu Gosto de Tudo que é Louco” (Hanke) 

Lucas Hanke - Vocais, guitarra, violão

Beto Silva - Teclados

Juliano Pereira - Baixo

Escute e siga nas redes:

Vídeos: https://www.youtube.com/lucashanke

Clipe “Sombras da Capital”:  https://www.youtube.com/watch?v=U9pHnLiv06A 

Clipe “Não Deixe de Sonhar”: https://www.youtube.com/watch?v=T7hEMn3ebeE

Clipe “Lou-Cura”: https://www.youtube.com/watch?v=-2E-65WHloE&t=1047s

Clipe “Bug Total”: https://youtu.be/oWT3stGHhi8

Clipe “Eu Me Sinto Leve”: https://www.youtube.com/watch?v=Z_YpK7LLFcY 


Escute nas plataformas digitais:

Spotify https://cutt.ly/yarA8tK

DEEZER https://www.deezer.com/br/artist/5810807 

 

Leia os demais posts do blog

Curta o Cena Rock também no Facebook e no Instagram


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895