Hamilton renova por mais duas temporadas com a Mercedes, até 2023

Hamilton renova por mais duas temporadas com a Mercedes, até 2023

Britânico agora tem pelo menos três anos para se tornar o piloto de maior sucesso na história do esporte

AFP

Hamilton renovou seu contrato com a Mercedes até 2023

publicidade

O britânico Lewis Hamilton, sete vezes campeão mundial de Fórmula 1, renovou seu contrato com a Mercedes até 2023, por mais duas temporadas, anunciou neste sábado sua equipe desde 2013. "A Mercedes-AMG Petronas F1 Team tem o prazer de anunciar uma extensão de dois anos de sua colaboração com o heptacampeão mundial Lewis Hamilton, para continuar uma relação que se tornou a mais bem-sucedida entre um piloto e uma equipe na história da F1. Lewis vai pilotar pela Mercedes em 2022 e 2023", informou a escuderia em um comunicado. 

No ano passado, Hamilton, de 36 anos, igualou o recorde do alemão Michael Schumacher, de sete títulos mundiais. Ele agora tem pelo menos três anos para se tornar o piloto de maior sucesso na história do esporte. Na Fórmula 1 desde 2007, quando estreou pela McLaren, Hamilton foi campeão mundial pela primeira vez com a equipe britânica já em 2008, quando tinha 23 anos.

Desde 2013 na Mercedes, ele elevou os limites em sua categoria com seis títulos mundiais entre 2014 e 2020, derrotado apenas em 2016 por seu ex-companheiro de equipe Nico Rosberg. O britânico detém o recorde de vitórias em Grandes Prêmios (98), pole positions (100) e pódios (171).

Hamilton vai experimentar a entrada em vigor em 2022 de um novo regulamento e de novos carros, apresentados como uma revolução pela Fórmula 1. "Estamos entrando em uma nova era do automobilismo que será estimulante e empolgante", explicou Hamilton. "Conseguimos tantas coisas juntos, mas ainda temos muito a fazer, tanto na pista como fora dela", acrescentou.

"Estou incrivelmente orgulhoso e grato pela maneira como a Mercedes me apoiou em meu desejo de melhorar a diversidade e a igualdade em nosso esporte", disse ele.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895