O Grêmio e o rebaixamento
patrocinado por

O Grêmio e o rebaixamento

Estamos entre 52% e 57,1%. Percentuais que carregam muito risco

Risco de rebaixamento ainda causa preocupação no Grêmio

publicidade

São três estatísticas diferentes. Porém todas têm em comum números que ainda incomodam muito o Grêmio.

Como o São Paulo ganhou do Corinthians por 1 a 0 as chances de rebaixamento do Grêmio aumentaram 2% segundo o site Infobola. Eram de 50% e passaram para 52%. 

O Chance de Gol tem a possibilidade mais baixa, de 44,9%. Ainda assim altíssima porque o Brasileiro vai entrar na 28ª rodada. Faltarão dez. O Grêmio tem duas partidas atrasadas.

Estudo do Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) aponta o o Grêmio com 57,1% de cair. Estamos entre 52% e 57,1%. Percentuais que carregam muito risco.

O São Paulo vem diminuindo suas chances de disputar a Segundona em 2022. Hoje estão em apenas 8% segundo o Infobola.

Os mais ameaçados: Chapecoense, virtualmente rebaixada com 99%; Sport, 65%; Juventude, 56%; Grêmio, 52%; Bahia, 38%, Santos, 32% e  América-MG, 19%.

O Atlético-GO, próximo adversário do Grêmio, tem apenas 4%. O Ceará, próximo compromisso do Juventude, 13%.

Probabilidade de sofrimento até as últimas rodadas.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895