Empreendedora

Empreendedora

Alina Souza

Lesiane Caroline sabe que a venda de pastéis de forno na sinaleira é apenas uma etapa.

publicidade

Eu já tive vergonha de desistir. Hoje reconheço que é preciso abandonar certos caminhos desgastados para seguir adiante. Buscar alternativas. Os grandes objetivos se mantêm, mudam-se as rotas. Lesiane Caroline Moreira de Melo, 21 anos, tentou trabalhos formais para pagar o curso técnico de enfermagem, mas os salários eram muito baixos; a rotina, exaustiva. Mudou de ideia e decidiu empreender até concluir a formação na área da saúde. Tudo é uma questão de tempo, como o tempo já mentalmente cronometrado da sinaleira na esquina da rua Silva Só com a av. Ipiranga. Com a determinação de quem sabe se reinventar, Lesiane perpassa os automóveis vendendo pastéis de forno feitos por ela e seu esposo. Ela abstrai o azedume dos motoristas mal-educados, segue em busca de sorrisos, de vidros abertos, das oportunidades contidas em poucos segundos. Nem sempre alcança a todos chamados — faz parte, haverá outros instantes, outras chances. Ninguém consegue abraçar o mundo, daí provêm as escolhas. Tantas vezes desistimos das vias tradicionais, deixamos planos no modo espera. Talvez alguns apontem tais atitudes como fracasso, nós responderemos: persistência.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895