Deborah Chow é a primeira mulher a dirigir um live-action de “Star Wars” em 42 anos

Deborah Chow é a primeira mulher a dirigir um live-action de “Star Wars” em 42 anos

Sob o comando da diretora, a produção “Obi-Wan Kenobi” chega nesta sexta ao Disney+

Camila Souza

Cineasta Deborah Chow é a mente por trás da série “Obi-Wan Kenobi”

publicidade

“Obi-Wan Kenobi”, a nova série de “Star Wars”, chega ao Disney+ nesta sexta-feira. Diferente das outras produções da saga, esse é o primeiro live-action que conta com uma direção feminina. Deborah Chow, cineasta, diretora e roteirista canadense, é a mente por trás da série.  

A produção se passa dez anos após os eventos dramáticos de “Star Wars: Episódio III – A Vingança dos Sith”. Nessa história, Obi-Wan sofreu sua maior derrota: a queda e a traição de seu melhor amigo e aprendiz Jedi, Anakin Skywalker, que passou para o lado sombrio da força se tornando o cruel Lorde Sith Darth Vader.

A série original da Lucasfilm é protagonizada por Ewan McGregor, que interpreta novamente seu papel como o icônico Maestro Jedi, e marca a volta de Hayden Christensen como Darth Vader. Além de Deborah Chow, “Obi-Wan Kenobi” conta com a produção executiva de Kathleen Kennedy, Michelle Rejwan, Ewan McGregor e Joby Harold.

Anteriormente, a diretora Deborah participou de diversas outras grandes produções do cinema e da televisão. Fez parte da direção do terceiro episódio de “The Mandalorian” (2019), intitulado “The Sin”, e também dirigiu o sétimo episódio da produção sobre a história dos mandalorianos.

Além disso, seus trabalhos anteriores na TV incluem episódios de “Reign” (2013), “Jessica Jones” (2015) e “Better Call Saul” (2015). Ela também ficou muito conhecida por seu primeiro longa-metragem, “The High Cost of Living” (2010), no qual atuou como roteirista e diretora.

Assista ao trailer “Obi-Wan Kenobi”

Veja Também


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895