Especialista indica modelos de casacos para valorizar os traços do corpo

Especialista indica modelos de casacos para valorizar os traços do corpo

Sugestões também contribuem na hora de comprar a peça para este inverno e evitar desperdícios

Lou Cardoso

publicidade

Vivemos um mundo onde as questões ambientais e sustentáveis estão cada vez mais em pauta. Alinhados ao consumismo, os tópicos podem contribuir também para o autoconhecimento corporal. Segundo o coordenador dos cursos de Moda do Senac Canoas, Ramon Rodolfo, ter conhecimento do próprio biótipo pode contribuir na hora de adquirir novas peças para o guarda-roupa para evitar tanto o desperdício de dinheiro quanto do acúmulo de roupas. “Assim acertarmos nas escolhas das peças que nos valorizam e possamos desfrutar de todas as peças que temos no nosso armário”, afirmou.

"O consumo por sua vez também faz parte desta roda de conversa e somos, de uma certa forma, estimulados a repensar essas questões. E assim, comprar da forma mais correta possível se torna quase essencial para minimizarmos a quantidade de peças facilmente descartadas”, complementou o coordenador. 

Pensando nisso, o docente separou alguns modelos de casacos que serão usados no inverno que podem harmonizar a proporção corporal de casa pessoa, mas lembra “Mas o que vale é você se sentir bonita, bem e confortável".

Para o corpo triângulo invertido (ombros largos, pouca cintura e quadril), ele indica que a ideia é criar volume na parte inferior do corpo. "Para isso, casacos abaixo do quadril, com pouca informação na região do decote/ombros. Procure modelos que tenham detalhes em bolsos e babados na região do quadril. Casacos em corte evasê são válidos."

Para o corpo triângulo (ombros estreitos e quadril largo), Rodolgo indica que deve-se trazer volume para a parte superior do corpo, fazendo uso de casacos com maxi golas, detalhes nos ombros (dragonas) e palas. O corpo ampulheta (ombros e quadril com volumes semelhantes e cintura fina, o docente sugere que a estratégia é evidenciar as próprias curvas do corpo. "Este corpo aceita quase todos os modelos de casacos. Aposte em cinturas marcadas (cintos) ou recortes acinturados", disse. 

Já para quem tem corpo oval (corpo com volumes de busto e abdominal), ele aponta que o objetivo é alongar o corpo e evidenciar as áreas de menos volume do corpo. "Valem decotes mais profundos e sem muitos detalhes, como amarração na cintura. Para pessoas de baixa estatura cuidado com o comprimento da peça, que não deve passar da altura do meio da coxa", explicou.

Para o corpo retângulo (ombros e quadril com medidas semelhantes e pouca cintura), o especialista compartilha que definir a cintura e criar formas é a ideia "Para isso, faça uso de casacos com amarrações na altura da cintura e com volumes nas regiões que apresentam uma menor circunferência: se a menor medida for o busto, use as dicas do corpo triângulo invertido, por exemplo."  


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895