"Um Lugar Silencioso - Parte II" (A Quiet Place Part II)

"Um Lugar Silencioso - Parte II" (A Quiet Place Part II)

Sequência de filme de terror e ficção científica mantém a pegada e é tão assustador quanto o seu antecessor

Chico Izidro

A parte 2 da trama de terror apresenta tensão e ação mais intensas

publicidade

Em 2018, John Krasinski, o Jim, de "The Office" surpreendeu o mundo com o assustador e excepcional "Um Lugar Silencioso". Na trama, o mundo é invadido por criaturas que se alimentam dos humanos, mas como são cegas, elas atacam quando escutam sons.

Então quem quer sobreviver, deve viver em silêncio, tendo como protagonistas a família Abbot, e no final o pai, vivido pelo próprio Krasinski se sacrificava para salvar a mulher, Emily, vivida por sua própria esposa, Emily Blunt, e os filhos Regan (Millicent Simmonds, que é deficiente auditiva) e Marcus (Noah Jupe). 

Agora, em sua segunda parte, "Um Lugar Silencioso - Parte II" (A Quiet Place Part II), também dirigida por John Krasinski, começa mostrando como os monstros chegaram na Terra, e interromperam a normalidade dos seres humanos, focando sempre na família Abbott.

No decorrer do filme, os Abbot são pessoas errantes, que andam pelo mundo, a procura de um local, onde se sintam seguras, longe do risco de serem devoradas. Mas o perigo não está apenas nas criaturas.

Um novo personagem é introduzido na história, Emmet (Cillian Murphy), que a contragosto acolhe a família, tendo mais empatia por Regan - e a garota dá um show de interpretação, usando praticamente apenas gestos.

Esta parte dois aprimora ainda mais o que foi visto no primeiro filme, trazendo mais tensão, mais ação: a tensão é maior, a ação é mais intensa, o som é ainda mais impactante. E ainda por cima, deixa espaço para uma nova sequência. 

 

 

CLIPE "CORRA!": YOUTUBE

 

Leia demais posts do blog

 

 

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895