“Velozes & Furiosos 9” (Fast and Furious 9)

“Velozes & Furiosos 9” (Fast and Furious 9)

Nono filme da franquia mostra embate entre os irmãos Toretto

Chico Izidro

Vin Diesel passa o tempo todo com uma camiseta regata branca, que nunca fica suja

publicidade

 “Velozes & Furiosos 9” (Fast and Furious 9) mantém a mesma linha dos filmes anteriores da franquia. Tudo na tela pode acontecer, e digo isso em cenas absurdas. O longa chega aos cinemas com um ano de atraso por causa da pandemia e quatro anos após “Velozes & Furiosos 8”. O filme tem direção de Justin Lin, que já havia dirigido os filmes de três a seis da franquia, e também aqui assina o roteiro, que é recheado de absurdos.

Os diálogos são rasteiros, e as cenas vão contra todas as leis das físicas – e observe que os mocinhos levam tiro, caem de alturas inacreditáveis, se atiram sobre os carros, e nunca, nunca sangram, ou sofrem um arranhão sequer. Além do que, Vin Diesel passa o tempo todo com uma camiseta regata branca, que nunca fica suja. E, por isso mesmo, os próprios personagens chegam a fazer piadas com o corpo fechado deles.

A trama começa quando Dom Toretto (Vin Diesel), que leva uma vida tranquila e afastado dos holofotes, ao lado de Letty (Michelle Rodríguez) e do filho, o pequeno Brian, é procurado pelos antigos colegas, para procurar determinado objeto, que também é alvo de cobiça dos vilões, pois tem o poder de destruir o mundo. E os vilões são o seu irmão Jakob (John Cena), que trabalha ao lado da maligna Cipher (Charlize Theron).

O irmão é tão desinteressante, que nunca havia sido citado nos longas anteriores, nem por Dom e nem pela irmã, Mia (Jordana Brewster, que volta à franquia), principalmente nos primeiros filmes, que focavam mais nas questões familiares dos personagens. Mas agora, “Velozes & Furiosos 9” mostra flashbacks do protagonista com o seu irmão lá no final dos anos 1980, onde é explicada a conturbada relação entre eles.

E desta vez, os personagens percorrem o mundo, indo de um país fictício, Montequinto, na América Central, passando por Londres, Tóquio, Edimburgo, Azerbaijão e até Tblisi, na Geórgia – terra do ex-ditador soviético Josef Stalin, e indo até mesmo ao espaço (acreditem!!). E dê-lhe um festival de canastrices, principalmente de Vin Diesel, que possui somente uma expressão, seja triste, feliz. Mas o que importa é mostrar os seus músculos.

O filme ainda traz o elenco Tyrese Gibson, Chris “Ludacris” Bridges, Nathalie Emmanuel e Sung Kang, além das ganhadoras do Oscar Helen Mirren e Charlize Theron. “Velozes e Furiosos 9” também destaca a ganhadora do Grammy, a rapper Cardi B, como Leysa, uma personagem que terá conexão com o passado de Dom Toretto.  “Velozes & Furiosos 9” é produzido por Neal H. Moritz, Vin Diesel, Jeff Kirschenbaum, Joe Roth, Justin Lin, Clayton Townsend e Samantha Vincent.

Trailer no YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=oySHRt64xLk

Leia demais posts do blog


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895