Cupertino passa 1ª noite na cadeia à espera de audiência de custódia

Cupertino passa 1ª noite na cadeia à espera de audiência de custódia

Suspeito de matar ator Rafael Miguel e os pais do rapaz está em Santa Cecília, mas será levado para depor em outra delegacia hoje

R7

Paulo Cupertino foi preso nessa segunda-feira

publicidade

Suspeito de assassinar o ator Rafael Miguel e os pais dele em junho de 2019, Paulo Cupertino, que foi preso na última segunda-feira (16), passou a primeira madrugada na cadeia no 77º DP (Distrito Policial) da Santa Cecília, na região central de São Paulo. De acordo com os agentes que estão na delegacia, não houve intercorrências durante a madrugada e o suspeito despertou cedo.

Nesta terça-feira (17), ele deverá passar por uma audiência de custória e, em seguida, ser encaminhado a um presídio. Antes, porém, será levado ao 98º DP do Jardim Miriam, que é responsável pelas investigações do crime, onde vai prestar depoimento.

Ontem, Cupertino passou pelo Instituto Médico Legal (IML) central, onde realizou o exame de corpo de delito após a prisão. Cupertino foi preso em um hotel na zona sul da capital paulista, onde estava escondido. A hospedagem fica a 4 quilômetros do local onde os crimes aconteceram. No momento da prisão, ele não estava armado.

Os policiais que pegaram Cupertino comemoraram a prisão. Em vídeo divulgado na internet, um grupo de agentes celebra o feito. “Muda de São Paulo”, diz o delegado Nico Gonçalves na gravação. Ele encabeçou a prisão e mandou o recado aos bandidos, numa referência de que a polícia paulista é competente e vai capturá-los.

Mais magro e com cabelo e cavanhaque pintados, Cupertino nao reagiu no momento da prisão, mas na chegada à delegacia, ele sorriu e disse ser inocente.

Segundo o MP (Ministério Público), Cupertino matou Rafael Miguel e os pais do ator porque não aceitava o namoro da filha, Isabela, com o jovem. Considerado o foragido mais perigoso de São Paulo pela própria polícia, Cupertino estava foragido havia quase 3 anos.  Ao longo desse tempo de caçada, Cupertino passou por ao menos 3 estados e dois países antes de voltar tão perto de onde teria cometido o triplo homicídio.

Veja Também


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895