Polícia Civil recupera mais sete aparelhos furtados por técnica de enfermagem em Viamão

Polícia Civil recupera mais sete aparelhos furtados por técnica de enfermagem em Viamão

Ela é investigada pela Delegacia de Polícia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco)

Correio do Povo

Bombas de infusão estavam em clínicas veterinárias

publicidade

A Delegacia de Polícia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) de Viamão, sob comando do delegado Eduardo Limberger do Amaral, recuperou mais sete bombas de infusão durante um desdobramento da operação Antídoto, que investiga a conduta ilícita de uma técnica de enfermagem, de 24 anos. Avaliados em R$ 49 mil, os aparelhos foram subtraídos pela suspeita da UTI Covid do Hospital de Cardiologia de Viamão.

A ação, ocorrida na tarde dessa segunda-feira, foi realizada em duas clínicas veterinárias, uma no bairro Maringá, em Alvorada, onde foram apreendidos seis equipamentos; e outra em uma clínica veterinária localizada no bairro Rubem Berta, em Porto Alegre, sendo recuperado mais um aparelho. Os responsáveis pelos estabelecimentos foram autuados pelo delito de receptação culposa.

A investigação já havia apurado o furto de outros 34 equipamentos hospitalares, no valor total de R$ 200 mil, utilizados na UTI-Covid do Hospital de Cardiologia de Viamão. Tratavam-se de bombas de infusão de medicamentos e eletrocardiógrafos usados para o tratamento de pacientes com a doença. Dois deles estavam em uma clínica veterinária no bairro Restinga, em Porto Alegre.

A técnica de enfermagem foi presa na quinta-feira passada, acusada de subtrair os equipamentos da instituição hospitalar ao longo de, ao menos, cinco meses. Depois, ela revendia em plataformas digitais os aparelhos por um valor muito inferior ao de mercado. O trabalho investigativo terá prosseguimento.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895