Jovem é morta após roubo de celular na zona Sul de Porto Alegre

Jovem é morta após roubo de celular na zona Sul de Porto Alegre

Abordada em uma parada de ônibus, vítima, de 20 anos, saía do trabalho

Correio do Povo / Rádio Guaíba

Vítima havia saído do trabalho no Barra Shopping Sul

publicidade

Uma jovem de 20 anos morreu baleada, com um tiro no peito, durante um assalto na noite desta quinta-feira na Avenida Chuí, no bairro Cristal, na zona sul de Porto Alegre. De acordo com a Polícia Civil, o latrocínio (roubo seguido de morte) ocorreu perto das 20h.

A vítima havia saído do trabalho, no Barra Shopping Sul. Três criminosos a abordaram em uma parada de ônibus. Outras duas pessoas foram assaltadas pelo trio no mesmo local, conforme a Polícia.

A delegada Luciana Smith, da 20ª DP, revela que, conforme os relatos preliminares, a jovem não reagiu ao assalto. Testemunhas contaram que a vítima ficou nervosa e se atrapalhou para entregar o aparelho, sendo baleada em seguida. “Os assaltantes pediram o celular dela. Ela se atrapalhou para entregar o aparelho e acabou sendo baleada”, explicou. Ainda segundo ela, a polícia já iniciou a investigações para descobrir e prender os responsáveis pelo crime. “Vamos ouvir testemunhas e pedir as imagens das câmeras de segurança instaladas no local”, frisou.

O prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, usou as redes sociais para prestar condolências. No comunicado, via Twitter, Melo prestou solidariedade aos familiares, e disse ser "inaceitável tamanha brutalidade".

 

Latrocínios em Porto Alegre

 De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública, Porto Alegre já registrou 12 latrocínios entre janeiro e agosto. O número dos oito primeiros meses já é maior do que o total contabilizado em 2020, quando houve 10. Em 2019, quando não houve período algum de isolamento social, o total computado foi de 13 latrocínios na Capital.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895