Presidente do México anuncia que libertará presos torturados

Presidente do México anuncia que libertará presos torturados

López Obrador afirmou que na semana que vem vai elaborar e assinar o decreto

AFP

López Obrador afirmou que na semana que vem vai elaborar e assinar o decreto

publicidade

O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, anunciou nesta quinta-feira que assinará um decreto para libertar os presos que foram torturados.

"Qualquer detento (que se encontrar) em presídios federais que tenha sido torturado e comprove isso mediante o Protocolo de Istambul, será libertado. Não queremos a tortura no México. Ninguém merece ser torturado", disse o presidente esquerdista em sua coletiva matinal.

Veja Também

O Protocolo de Istambul, adotado pela Assembleia Geral das Nações Unidas em agosto de 1999 e pela Comissão de Direitos Humanos em 4 de dezembro de 2000, é um manual de referência internacional usado para investigar casos de tortura, tratamentos cruéis, desumanos ou prejudiciais.

López Obrador afirmou que na semana que vem vai elaborar e assinar o decreto para libertar os presos torturados, antes de 15 de setembro. 


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895