Coxilha Nativista prossegue até este sábado em Cruz Alta

Coxilha Nativista prossegue até este sábado em Cruz Alta

Das 20 músicas que disputam o festival, dez são da cidade, como forma de homenagear artistas locais

Felipe Dorneles

publicidade

Começou nesta quinta-feira, em Cruz Alta, as atividades da 41ª edição da Coxilha Nativista. O evento tem edição comemorativa, alusiva aos 200 anos de Cruz Alta, com um formato diferente que valoriza os talentos locais. Com o tema “A Coxilha Nativista canta os 200 anos de Cruz Alta”, o festival segue até sábado, de forma virtual, transmitido do Clube Arranca, em formato de competição.

Dez composições foram interpretadas no palco na primeira noite de eliminatórias. Nesta sexta-feira, mais dez músicas serão apresentadas na segunda noite de competição. A grande final ocorrerá no sábado, com os dez melhores das duas noites de eliminatórias. Todas as noites tem shows nativistas. Das 20 músicas que disputam o festival, dez são da cidade, como forma de homenagear artistas locais.

As apresentações têm transmissão virtual pela página da Prefeitura Municipal, no Facebook, e pelo canal no YouTube. Além da escolha dos jurados, o público que acompanhar o festival, pela primeira vez, poderá ter o seu vencedor, votando virtualmente na categoria Música Mais Popular.

Paralelo a competição musical, será realizada a 4ª edição da Coxilha Instrumental. Estão previstos shows instrumentais na abertura e no encerramento de cada dia de festival. Este projeto possui recursos da Lei de Incentivo à Cultura, em parceria com a CCGL, e tem continuidade no mês de setembro, com oficinas e palestras em escolas. Em setembro ocorre também a Coxilha Piá, para crianças e adolescentes.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895