Uma mancha misteriosa surge no Arroio Dilúvio

Uma mancha misteriosa surge no Arroio Dilúvio

Nem Dmae nem Fepam sabiam do líquido de tom marrom

Felipe Uhr

Líquido marrom era visível em trecho do Arroio Dilúvio

publicidade

Um líquido misterioso, de tom marrom, foi visto no Arroio Dilúvio, entre as avenidas Getúlio Vargas e Érico Veríssimo, em frente ao Centro Municipal de Cultura Arte e Lazer Lupicínio Rodrigues.

Do esgoto onde saia o estranho líquido era possível ver peixes aglomerados no local. Consultados, nem a Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luis Roessler (Fepam) e o Departamento Municipal de Água e Esgotos, tinham conhecimentos da mancha.

A Fepam informou que “irá fazer uma nova vistoria e encaminhar um ofício a fiscalização do município para que os mesmos realizem inspeções principalmente nas oficinas mecânicas que existem próxima do local”. Já o Dmae disse que as estações do órgão estão “regulares” e “quem fiscaliza é a Fepam”.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895