Com duas novas confirmações, RS passa a ter cinco casos da variante delta

Com duas novas confirmações, RS passa a ter cinco casos da variante delta

Outros 11 casos com suspeita da cepa aguardam análise da Fiocruz

Correio do Povo

Novos casos foram registrados em Santana do Livramento, município fronteira com Uruguai

publicidade

O Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs) confirmou, nesta quinta-feira, mais dois casos de variante Delta no Rio Grande do Sul. Os casos foram confirmados após sequenciamento completo realizado pelo governo uruguaio. Trata-se de dois adultos, uruguaios que moram em Santana do Livramento, com relação de parentesco com o caso provável identificado pelo Cevs há cerca de 15 dias, que aguarda confirmação na Fiocruz.

As duas pessoas confirmadas com a Delta estão com sintomas leves, sem internação, em isolamento domiciliar. Com essa confirmação, subiu para cinco o número de casos positivos para a cepa do coronavírus no Estado – os outros três casos são em Gramado e Nova Bassano.

Duas amostras coletadas de familiares dos casos confirmados nesta quinta-feira foram enviadas pela prefeitura de Livramento ao Cevs, onde estão sendo analisadas. Se o sequenciamento parcial apontar a possibilidade de casos de delta, as amostras seguem para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, para confirmação.

Casos de variante delta do coronavírus no Rio Grande do Sul:

Santana do Livramento – confirmado por sequenciamento genético completo pelo governo uruguaio.

Santana do Livramento – confirmado por sequenciamento genético completo pelo governo uruguaio.

Gramado – confirmado por sequenciamento genético completo pela Fiocruz.

Gramado – confirmado por sequenciamento genético parcial pelo Cevs e vínculo epidemiológico.

Nova Bassano – confirmado por sequenciamento genético completo pelo Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC), no Rio de Janeiro.

Gramado – suspeita epidemiológica, aguardando retorno da Fiocruz.

Sapucaia do Sul – suspeita por sequenciamento genético parcial pelo Cevs, aguardando retorno da Fiocruz.

Sapucaia do Sul – suspeita por sequenciamento genético parcial pelo Cevs, aguardando retorno da Fiocruz.

Esteio – suspeita por sequenciamento genético parcial pelo Cevs, aguardando retorno da Fiocruz.

Canoas – suspeita por sequenciamento genético parcial pelo Cevs, aguardando retorno da Fiocruz.

Alvorada – suspeita por sequenciamento genético parcial pelo Cevs, aguardando retorno da Fiocruz.

Passo Fundo – suspeita por sequenciamento genético parcial pelo Cevs, aguardando retorno da Fiocruz.

Esteio – suspeita por sequenciamento genético parcial pelo Cevs, aguardando retorno da Fiocruz.

São José dos Ausentes – suspeita por sequenciamento genético parcial pelo Cevs, aguardando retorno da Fiocruz.

Sapucaia do Sul – suspeita por sequenciamento genético parcial pelo Cevs, aguardando retorno da Fiocruz.

Santana do Livramento – suspeita por sequenciamento genético parcial pelo Cevs, aguardando retorno da Fiocruz.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895