Prefeitura de Porto Alegre realiza força-tarefa para coleta de lixo até contratação de nova empresa

Prefeitura de Porto Alegre realiza força-tarefa para coleta de lixo até contratação de nova empresa

Executivo tem expectativa de assinar o contrato emergencial ainda na segunda-feira

Correio do Povo

Força-tarefa irá ocorrer no sábado e domingo

publicidade

A prefeitura de Porto Alegre cumpre, neste fim de semana, um cronograma de força-tarefa para o recolhimento do lixo enquanto aguarda assinar um contrato emergencial com uma nova empresa de coleta de resíduos. O executivo tem expectativa de definir o vencedor do edital de licitação e assinar o contrato ainda nesta segunda-feira. 

"A força-tarefa da prefeitura completou o cronograma da coleta da rota noturna na madrugada deste sábado, 12. No turno do dia será feita normalmente a coleta dos resíduos do sábado e também a recuperação do passivo referente ao dia da paralisação dos trabalhadores da B.A Meio Ambiente", afirmou o executivo.

Veja Também

A Prefeitura também afirmou que o serviço deve ser estendido no domingo. "Domingo não é dia de coleta, porém a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos irá seguir os serviços com a força-tarefa para realizar a coleta domiciliar e combater focos de descarte irregular na cidade."

Para atender os 38 bairros e vilas a força-tarefa da prefeitura utiliza 47 caminhões-caçamba, sendo 33 do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU), dez da Divisão de Conservação de Vias Urbanas (DCVU) da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSUrb) e os demais da prefeitura, além de mais 30 veículos de outras parcerias. No total, 77 caminhões estão escalados para apoio.

O contrato com a B.A. Meio Ambiente foi suspenso administrativamente pelo município na última quarta-feira, depois da paralisação das atividades pelos trabalhadores da empresa na terça. Ontem, a Justiça negou pedido da empresa para anular a suspensão.

"Os colaboradores da prestadora do serviço de coleta domiciliar na modalidade porta a porta reclamam de férias e não pagamento de benefícios por parte da empresa. Não há débitos entre o Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU) e a B.A. Meio Ambiente", destacou a Prefeitura em nota.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895