Doria aparece sem máscara em hotel no Rio e é criticado nas redes

Doria aparece sem máscara em hotel no Rio e é criticado nas redes

Governo paulista confirmou que Doria estava "em momento de descanso com a esposa" e "não promoveu aglomeração"

AE

Deputado Helio Lopes tuitou foto de Doria no hotel

publicidade

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), foi fotografado e filmado enquanto tomava banho de sol sem máscara na piscina do hotel Fairmont, no Rio de Janeiro, no domingo. A imagem, publicada nas redes sociais, tem sido bastante compartilhada na manhã desta segunda-feira, em meio a cobranças pela atitude do governador, que tem adotado diversas medidas para promover o distanciamento social e conter a disseminação da Covid-19.

As principais críticas têm sido feitas por grupos de apoio ao presidente Jair Bolsonaro, a quem Doria faz oposição. O vídeo foi compartilhado pelo deputado federal Helio Lopes (sem partido-RJ), com uma legenda ironizando a atitude. "Bom dia povo paulista. Eu sou o governador Doria. Favor ficar em casa". Na sequência, outros perfis nas redes, incluindo o do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente, reproduziram a imagem. "Guerreiro do povo brasileiro", escreveu.

O País já passou de 473 mil mortes e, em São Paulo, a recomendação é que o uso de máscara seja observado em todos os locais públicos. Em nota, o governo paulista confirmou que Doria esteve na piscina do hotel, "em momento de descanso com a esposa". Segundo o texto, o governador "não promoveu nenhum tipo de aglomeração".

No feriado de Natal do ano passado, enquanto havia recomendação para que as pessoas não viajassem e evitassem aglomerações durante as festividades, Doria foi criticado por ter ido para Miami, nos Estados Unidos, quando se previa recrudescimento das restrições econômicas no Estado para conter o vírus. Doria aterrissou nos EUA e, no mesmo dia, retornou - seu vice, Rodrigo Garcia (PSDB), havia sido diagnosticado com a doença. Na ocasião o governador tucano pediu desculpas.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895