Governo do RS confirma para hoje chegada de vacinas da Pfizer

Governo do RS confirma para hoje chegada de vacinas da Pfizer

Do lote com mais de 69 mil doses, 35.837 serão distribuídas aos postos de saúde de Porto Alegre

Correio do Povo

Governo do RS confirma para hoje chegada de vacinas da Pfizer

publicidade

O governo do Rio Grande do Sul confirmou no começo da manhã desta segunda-feira a chegada de mais um lote de vacinas contra o coronavírus. Trata-se de uma remessa da Pfizer, com 69.030 doses. O avião com os imunizantes irá aterrissar por volta das 19h45min no Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre. 

Desse total, 35.837 serão distribuídas aos postos de saúde da Capital para aplicação imediata. As 33.193 restantes deverão ser mantidas em superfreezers emprestados pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e pela Pontifícia Universidade Católica (PUCRS) até a próxima distribuição.

Veja Também

Esse lote será utilizado para avançar a imunização do grupo das comorbidades. Neste primeiro momento, os imunizantes serão utilizados apenas em Porto Alegre, assim como a primeira remessa de vacinas desse laboratório. As vacinas ficam na cidade por questões de logística e armazenamento porque precisam ser conservadas congeladas em superfreezers que alcançam a temperatura de -80°C.

Coronavac

A nova remessa da vacina Coronavac que chegou ao RS na manhã de sábado será distribuída nesta segunda. Representantes das 18 coordenadorias regionais de saúde (CRS) e de municípios próximos à capital poderão retirar os lotes durante a manhã na Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadi), em Porto Alegre.

A remessa total, com 63.600 doses, será destinada à aplicação da segunda dose (D2) em pessoas que já estão com o prazo de aplicação vencido.

Oxford/Astrazeneca

As 243.400 doses de vacinas Oxford/Astrazeneca que chegaram ao RS na quinta-feira foram reservadas, por determinação do Ministério da Saúde, para a segunda dose em pessoas que receberam a primeira aplicação das remessas de 25 de fevereiro e 22 e 26 de março.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895