Brasil registra mais de 2,3 mil mortes pela Covid-19 em 24h e tem novo recorde de óbitos

Brasil registra mais de 2,3 mil mortes pela Covid-19 em 24h e tem novo recorde de óbitos

Apesar do alto volume, dados divulgados pelo Conass ainda não contam com números desta terça do RS

R7

Dados foram divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde

publicidade

A grave situação da pandemia da Covid-19 no Brasil se mantém. Nesta terça-feira, o país bateu mais um recorde de mortes por coronavírus registradas em 24 horas. Segundo balanço do Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde), foram 2.340 notificações no período. 

Apesar do alto volume, os dados divulgados ainda não contam com números desta terça do Rio Grande do Sul, que não foram publicados a tempo. A Secretaria Estadual de Saúde confirmou 502 vítimas fatais no RS no final da tarde.

Esta é a sétima vez neste mês que o Ministério da Saúde observa um novo recorde. Até então, os níveis mais altos anteriores haviam sido os seguintes:

• 10 de março de 2021: 2.286
• 11 de março de 2021: 2.233
• 12 de março de 2021: 2.216
• 9 de março de 2021: 1.972
• 3 de março de 2021: 1.910
• 5 de março de 2021: 1.800

O balanço de hoje ainda mostra um acréscimo de 74.595 infecções confirmadas de ontem para hoje. A atualização eleva o total de óbitos nesta pandemia a 281.626. Além disso, 11.594.204 pessoas já se infectaram com o coronavírus, das quais mais de 10,1 milhões já se curaram, segundo estimativas do ministério.

A média móvel de mortes dos últimos sete dias está em um patamar recorde: 1.894, um aumento de 50% em relação ao observado há 14 dias. Também houve aumento de 21% da média móvel de casos diários, atingindo 67.396.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895