Brasil vence o Peru por 1 a 0 e garante vaga na final da Copa América

Brasil vence o Peru por 1 a 0 e garante vaga na final da Copa América

Lucas Paquetá marcou o único gol da partida; Seleção aguarda Argentina ou Colômbia para saber contra quem buscará 10º título na história da competição

Nicholas Lyra

Neymar deu passe e Lucas Paquetá marcou gol da vitória sobre o Peru, que garantiu vaga na final da Copa América

publicidade

A Seleção Brasileira está na final da Copa América. Após dois tempos distintos, o time comandado por Tite venceu o Peru por 1 a 0, no Engenhão, na noite desta segunda-feira. Depois de ótimos 45 minutos iniciais, a equipe caiu no segundo , mas manteve a vitória necessária para ficar com a classificação na primeira semifinal. O resultado credencia o Brasil a buscar o seu décimo título da Copa América na História. 

O único gol na partida foi marcado no primeiro tempo. Após boa jogada de Neymar, Lucas Paquetá anotou e decidiu a vitória para a Seleção. 

A decisão da competição acontece no sábado, às 21h, no Maracanã. O Brasil aguarda o vencedor do confronto entre Argentina e Colômbia, partida que acontece nesta terça-feira, às 22h, no Mané Garrincha, em Brasília.

Brasil faz melhor primeiro tempo na Copa América

Com a suspensão de Gabriel Jesus, expulso na vitória contra o Chile nas quartas de final, o técnico Tite optou por começar com Everton entre os titulares. No meio, outra mudança, com a entrada de Lucas Paquetá, que faz boa Copa América. Firmino, apagado no torneio, foi sacado. No gol, Ederson seguiu na posição no lugar de Alisson.

O Peru teve dificuldades desde o início do jogo para frear a movimentação do Brasil. Mais uma vez, Lucas Paquetá deu outro ritmo ao time, buscando a bola em um setor onde a equipe não tinha presença com Firmino, deixando um buraco que não era preenchido no meio pelos volantes. 

Foi o próprio Paquetá quem começou a jogada da primeira chance, aos sete minutos. Ele achou bom passe enfiado para Richarlison, que driblou Gallese, mas ficou sem ângulo. O atacante do Everton fez passe para Neymar, que bateu por cima. Minutos depois, em cobrança de falta de muito longe, Casemiro levou perigo, obrigando o goleiro a defender em dois tempos. 

O Brasil seguiu em pressão intensa e, aos 19 minutos, teve três finalizações em sequência. Primeiro, Paquetá bateu de longe e Gallese espalmou. Na sequência, o próprio Paquetá foi ao fundo e cruzou para Neymar, na pequena área. Ele bateu e o peruano defendeu. No rebote, de novo à queima roupa, mandou para escanteio o chute de Richarlison, se tornando o personagem do início do confronto.

O melhor primeiro do Brasil na competição foi coroado com gol aos 34. Neymar recebeu bola enfiada de Richarlison na esquerda e avançou com a bola dominada. Ele invadiu a área, deixou dois marcadores para trás com um drible curto e escorou para Lucas Paquetá. Livre, ele empurrou para as redes, coroando a boa atuação do meia do Lyon no jogo e na competição, e levando o Brasil em vantagem de 1 a 0 ao intervalo.

Seleção cai de produção no segundo tempo, mas avança

Disposto a mudar o quadro da partida apresentado nos primeiros 45 minutos, o Peru voltou do intervalo com postura diferente. Nos primeiros seis minutos, finalizou três vezes. Em uma delas, obrigou Ederson a fazer defesa para espalmar. As outras passaram perto da trave do goleiro brasileiro.

O Brasil diminuiu o ímpeto ofensivo ao ser pressionado pelo adversário. As escapadas em contra-ataque em velocidade também diminuíram. As poucas tentativas eram especialmente pela direita, com Everton. Neymar também arriscava finalizações de longe, sem levar muito perigo.

Para tentar recuperar o setor de meio campo, o técnico Tite resolveu repovoar o setor. Sacou Everton Cebolinha, que até foi mais acionado na etapa final, para a entrada do meia do Flamengo, Everton Ribeiro.

Apesar da queda de produção da Seleção na etapa final, os jogadores do Peru também apresentaram cansaço na segunda metade da partida. Assim, mesmo correndo certo risco, a equipe do técnico Tite avançou à decisão da Copa América, e aguarda Argentina ou Colômbia na final, que será disputada no sábado, no Maracanã.

Veja Também

Copa América - Semifinal 

Brasil 1

Ederson; Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Renan Lodi; Casemiro, Fred e Lucas Paquetá; Everton, Richarlison e Neymar. Técnico: Tite

Peru 0

Gallese; Corzo, Santamaría, Christian Ramos, Callens e Trauco; Tapia, Yotún e Penã; Cueva e Lapadula. Técnico: Ricardo Gareca 

Gols: Lucas Paquetá (34/1T)

Cartões amarelos: Yotún (Peru) 

Arbitragem: Roberto Tobar (CHI)

Local: Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)

Data e hora: 05/07, às 20h


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895