Handebol feminino perde para a Suécia e se complica na fase de grupos

Handebol feminino perde para a Suécia e se complica na fase de grupos

Seleção chega a duas derrotas e fará na próxima segunda-feira jogo decisivo contra a França pela classificação à fase final

Correio do Povo / R7

Brasil precisa vencer ou empatar para se classificar contra França

publicidade

A seleção feminina de handebol do Brasil perdeu neste sábado e viu sua situação se complicar na fase de grupos em Tóquio 2020. O revés, segundo da seleção nas classificatórias, veio pelo placar de 34 a 31 contra a Suécia, líder do grupo. 

O Brasil jogou bem no início do jogo e manteve a vantagem até o final da primeira etapa, quando ficou dez minutos sem marcar e tomou a virada. Depois disso, a seleção demorou para voltar ao jogo e errou muitos chutes e passes. 

Na segunda etapa, a Suécia tomou controle do jogo e chegou a abrir até cinco gols de vantagem no placar. A seleção, apática, continuou errando muito até a metade do segundo tempo, quando esboçou uma reação. 

O Brasil chegou a empatar por 22 a 22, com uma jogadora a mais, mas falhou no momento decisivo e conseguiu tomar um gol mesmo em vantagem numérica. Em nova reação, aos 21 minutos do segundo tempo, as brasileiras empataram o jogo mais uma vez, por 25 a 25, mas desperdiçaram a virada de novo.

Com o resultado, a seleção está em 4º lugar no grupo, limite para a classificação, com três pontos conquistados após uma vitória, um empate e duas derrotas. Na próxima segunda-feira, a seleção fará jogo decisivo contra a França, quinta colocada do grupo, também com três pontos. 

Para se classificar à fase final, o Brasil precisa empatar ou vencer a França. A derrota encerra o sonho brasileiro de medalhas em Tóquio 2020. 

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895