TJ-RS suspende organizadas de Inter e Corinthians por seis meses

TJ-RS suspende organizadas de Inter e Corinthians por seis meses

Tribunal de Justiça tomou a decisão após confronto entre torcedores no domingo

Correio do Povo

No campo, jogo ficou empatado em 2 a 2

publicidade

O confronto entre torcedores de Inter e Corinthians, antes do duelo do último domingo, no Parque Marinha do Brasil, motivou a suspensão por seis meses das torcidas organizadas de cada clube. A decisão, tomada nesta segunda-feira, foi do Juizado do Torcedores e Grandes eventos, braço do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, que cuida desse tipo de ocorrência.

Estão suspensas a colorada Nação Independente e a paulista Camisa 12. Com a proibição, as torcidas não podem exibir seus nomes em faixas ou outros elementos nos estádios. A multa é de 5 mil em caso de não cumprimento da decisão. A pena foi decidida pelo juiz Marco Aurélio Martins Xavier, titular do JTGE, depois que o Ministério Público Estadual identificou e acusou os torcedores.

Sobre o episódio

A confusão, segundo o relato do MP, teria se iniciado nas proximidades do Shopping Praia de Belas, cerca de 40 minutos antes do jogo, quando os corintianos desceram do ônibus que os levava ao estádio e agrediram a pedradas as vítimas.

A denúncia aponta a necessidade de investigação mais aprofundada, mas a suspeita é de envolvimento das torcidas organizadas em agressões mútuas. Os torcedores do time paulista, por sua vez, registraram em boletim de ocorrência que o veículo em que estavam fora apedrejado.

Durante a partida, um torcedor invadiu o campo. Identificado, ele não poderá voltar ao estádio nas próximas dez partidas. 

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895