Denis Abrahão elogia reação do Grêmio na hora da verdade e desafia: "Nós não vamos cair, secadores"

Denis Abrahão elogia reação do Grêmio na hora da verdade e desafia: "Nós não vamos cair, secadores"

Dirigente projetou vitórias em jogo decisivo contra o Corinthians

Correio do Povo

Golaço de Jonatha Robert marcou novo fôlego tricolor

publicidade

A vitória do Grêmio contra o São Paulo, nesta quinta-feira, deu novo fôlego na luta contra o rebaixamento e no discurso do vice-presidente de futebol, Denis Abrahão. Ele exaltou o comportamento "gigante" dos jogadores na goleada por 3 a 0 e desafiou os colorados na entrevista após o jogo. "Nós não vamos cair secadores. Continuem secando, não vai adiantar", disparou.

"Pode mandar mensagem, entupir meu celular. Não tem problema. Vamos lutar até o final", frisou o dirigente. "Vamos para um jogo decisivo com muita força, garra e determinação. Respeitamos o Corinthians, mas sabemos da nossa qualidade", acrescentou.

Abrahão elogiou a postura dos atletas, depois das cobranças intensas com a derrota para o Bahia. "No momento da verdade, o Grêmio se comportou de maneira gigante. Do seu tamanho, da sua origem e da sua qualidade. Na sua essência", definiu. "Nós que estamos dirigentes do Grêmio, gostaríamos que fosse sempre assim. Trabalhamos para que seja assim, mas o futebol não acontece sempre dessa forma", ponderou.

Apesar das dificuldades, ele projetou um Tricolor forte nas duas, dramáticas e decisivas rodadas finais. "Existem vários fatores que implicam em jornadas não competitivas. Talvez sem mostrar a cara e a essência do nosso Grêmio. Mas eu prefiro enxergar que, no momento decisivo, os jogadores entenderam a necessidade de ultrapassar barreiras. De quebrar paradigmas, sair de uma zona de conforto. Todos, sem exceção, entenderam o momento. Isso gratifica o dirigente, apesar de a gente não ter ganho absolutamente nada."

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895