Grêmio melhora no segundo tempo, vence o Bragantino e chega a duas vitórias seguidas no Brasileirão

Grêmio melhora no segundo tempo, vence o Bragantino e chega a duas vitórias seguidas no Brasileirão

Depois de uma primeira etapa "sonolenta", Tricolor cresce com entradas de Ferreira e Diego Churín e sobe para a 8ª colocação na competição

Correio do Povo

Tricolor tem uma partida a menos no Brasileiro

publicidade

Após um primeiro tempo pouco inspirado, o Grêmio melhorou com as entradas de Ferreira e Diego Churín na segunda etapa, superou o RB Bragantino por 2 a 1, nesta segunda-feira na Arena e chegou a duas vitórias consecutivas pela primeira vez nesta edição do Brasileirão. Com o resultado, o Tricolor agora soma 27 pontos e ocupa a 8ª colocação da competição. 

Na próxima rodada, a equipe de Renato Portaluppi visita o Fluminense, no domingo, às 16h, no estádio Maracanã. Antes, o time vai a Caxias do Sul, para o jogo de volta da Copa do Brasil contra o Juventude, no Alfredo Jaconi, na quinta-feira, às 21h30min. 

Sofrendo para criar na primeira metade do jogo, o Grêmio cresceu com os ingressos de Ferreira e Diego Churín aos 21 minutos do segundo tempo. Aos 22, David Braz aproveitou vacilo da defesa após cobrança de escanteio e abriu o placar. Aos 26, Isaque fez a jogada, a bola chegou para Orejuela, que apareceu batendo e ampliou. Aos 31 minutos, Hurtado descontou para os visitantes. 

Primeira etapa em "ritmo lento"

A primeira metade do jogo foi de poucas emoções, com ambas equipes em uma rotação lenta e sem ambição ofensiva. No começo, a equipe de Bragança Paulista que levou perigo ao gol gremista. Aos 10 minutos, Claudinho fez bela jogada e finalizou de longe, obrigando Vanderlei a uma grande defesa de mão trocada. 

A resposta tricolor veio aos 16. Orejuela avançou bem pela direita, tentou o cruzamento, mas Pepê não conseguiu dominar e Diego Souza arriscou uma finalização improvisada sem perigo para Cleiton. Com dificuldades para impor velocidade, o time gremista esbarrava na ausência de criatividade no meio-campo. Robinho, Maicon e Matheus Henrique não conseguiam entregar intensidade e não provocavam aceleração de jogo. 

Também pouco inspirado, mas satisfeito com o empate, o RB Bragantino se defendia e ainda tentava com chutes de fora da área. Aos 39 minutos, Artur arriscou com estilo, mas a bola foi fraca e fácil para Vanderlei.

Foi tanta a falta de cuidado com a bola que ela até murchou e precisou ser trocada pelo árbitro aos 40 minutos.

Melhora a partir de Churín e Ferreira

Tentando dar mais criatividade e criar mais chances de gol, Renato tirou Robinho e começou a segunda etapa com Isaque em seu lugar. No entanto, o primeiro lance de perigo foi do RB. Ytalo aproveitou vacilo da defesa, ajeitou e soltou a bomba. Vanderlei espalmou e Orejuela afastou para longe de área. Aos 5 minutos, foi a vez de Cuello levar perigo e provocar nova defesa do goleiro gremista. 

E o Tricolor não conseguia se encontrar em campo e corria atrás da equipe de Maurício Barbieri, que tinha mais a bola e controlava o jogo. Aos 14 minutos, Ytalo perdeu grande chance frente a frente com Vanderlei. No minuto seguinte, Lucas Silva e Ferreira entraram nos lugares de Maicon e Luiz Fernando. O capitão do time saiu irritado, insatisfeito com o rendimento da equipe e foi direto para o vestiário, sem sequer cumprimentar o técnico Renato.

A entrada do jovem Ferreira deu mais ânimo ao Grêmio. Em dois lances, o atacante levou perigo ao gol de Cleiton. Aos 22, em cobrança de escanteio, a zaga tentou afastar, não conseguiu e David Braz fuzilou para o fundo das redes. 

Logo na sequência, mais vivo no jogo, o Tricolor ampliou. O estreante Churín encontrou Isaque, que avançou pelo meio e encontrou Orejuela. O lateral chegou batendo e estufou a meta de Cleiton aos 26 minutos. 

Parecia tudo definido, mas, em vacilo defensivo, Raul encontrou Hurtado na área. O atacante aproveitou a libertade e descontou para os visitantes aos 31 minutos. O Tricolor seguiu em cima, mais animado depois de seus gols. Aos 35 minutos, Isaque perdeu chance em cruzamento de Orejuela. Só então que baixou o ritmo e, a partir daí, o time gaúcho conseguiu controlar e garantir o resultado. 

Brasileirão 2020 - 19ª rodada

Grêmio 2 

Vanderlei; Orejuela, Rodrigues, David Braz e Diogo Barbosa; Matheus Henrique, Maicon (Lucas Silva), Luiz Fernando (Ferreira), Robinho (Isaque), Pepê (Bruno Cortez); Diego Souza (Diego Churín). Técnico: Renato Portaluppi

Bragantino 1 

Cleiton; Aderlan (Hurtado); Léo Ortiz e Ligger; Edimar; Raul, Lucas Evangelista e Claudinho (Thonny Anderson); Artur (Morato), Cuello (Chrigor) e Ytalo (Hurtado). Técnico: Maurício Barbieri

Gols: David Braz (22min/2T°) Orejuela (26min/2T°) Hurtado (31min/2T°)
Cartões amarelos: Claudinho (RB Bragantino) Lucas Silva
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)
Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS)
Horário: 20h

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895